Lendo o rascunho desse texto, uma amiga me disse: “tá doida? Por que você vai publicar sua idade?”

Com um sorriso nos lábios, e apontando para ela, respondi: “exatamente por isso, pois esse tipo de reação precisa parar! E tirando uma dorzinha aqui e outra alí, me sinto muito bem comigo mesma. E o mais importante, pare para pensar Clara, em tudo o que vivi, tudo o que consegui construir em minha Vida, cada tombo, cada levantada, cada lágrima, cada sorriso, cada taça de vinho a mais…cada amor, cada sonho que já toquei fazem parte dessa história e aprendi muito com tudo isso. Por que então eu deveria negar em mim ou nos outros parte de uma história de Vida tão duramente desbravada?” Respondi. 

” Ok, você tem razão…, mas apenas em parte. Ainda continuo achando que o tal número do seu título deveria ser preservado, afinal, não se esqueça, também, que vivemos em um mundo onde o preconceito e a hipocrisia ainda reinam, ” Disse Clara, levantando as sobrancelhas. 

Ficamos em silêncio um pouco,